• Casa Nova
  • Bahia estado voluntário
  • Bahia estado voluntário

Notícias

10/05/2019 15:43

Nova presidência do FONACE é eleita

Na última quarta-feira (08/05), foi eleita a nova presidência do Fórum Nacional dos Centros de Estudos e Escolas das PGEs e PGDF (FONACE). Os atuais Procuradores-chefe dos Centros de Estudos Jurídicos (CEJUR) da PGE-RJ e da PGE/RS, Rodrigo Borges Valadão e Ernesto Toniolo, passaram a ocupar a nova presidência e vice-presidência, respectivamente.

Desde setembro de 2015 à frente do FONACE, a Procuradora do Estado da Bahia, Alzemeri Britto, ressaltou a posição cada vez mais estratégica do Fórum como principal meio de interlocução entre Centros de Estudos das Procuradorias dos Estados da Federação.

“Nosso esforço, junto com os colegas que estiveram nas chefias dos CEs desde 2015, foi de consolidar a rede iniciada em 2010 e aumentar a participação de 7 para 17 membros, buscando torná-la conhecida e atuante na disseminação das melhores práticas que geram profissionalismo dos coordenadores e integrantes dos órgãos de educação corporativa das PGEs e PGDF. Esperamos ter realizado esta expansão e esta conscientização a contento. Desejamos enorme sucesso à nova gestão, que, desde logo, apoiamos com grande afinco", disse a Procuradora.

A eleição aconteceu durante a reunião do FONACE, na sede da Procuradoria-Geral do Estado do Rio de Janeiro (PGE-RJ), quando os Procuradores dos Estados da Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, São Paulo redigiram a minuta do acordo de cooperação com a Escola Nacional de Administração Pública (ENAP). O documento, que será submetido à aprovação do Colégio Nacional dos Procuradores Gerais (CONPEG), tem por objeto a capacitação e consultoria em gestão estratégica para todas as PGEs e PGD.

Na ocasião, o anfitrião e recém-eleito presidente do FONACE presenteou os convidados com o plano estratégico da PGE-RJ, o PGE 2030, para ele, "um dos projetos mais importantes da história da PGE-RJ".

“A possibilidade de envolvimento de todo o corpo funcional em um modelo robusto de planejamento estratégico, com foco em resultados, representa um importantíssimo passo no amadurecimento da cultura de governança e gestão na Instituição. Reposicionar os CEJURs dentro dessas novas exigências de gestão pública será o grande desafio da próxima década", enfatizou o Procurador Rodrigo Borges Valadão.

Visita à nova sede – Após a reunião, os Procuradores visitaram o prédio do Convento do Carmo, que ao final da restauração, em aproximadamente um ano e meio, será a nova sede do CEJUR, da Escola Superior de Advocacia Pública (ESAP) e das Bibliotecas da PGE-RJ. Guiados pela arquiteta da PGE-RJ, Patricia Gullo, os visitantes conheceram todas as instalações e acompanharam o andamento das obras.

Fonte: ASCOM/PGE/RJ

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.