• Casa Nova
  • Bahia estado voluntário
  • Bahia estado voluntário

Notícias

12/04/2019 14:20

Ex-reeducando do Projeto Começar de Novo retorna ao mercado de trabalho

O ex-reeducando do Projeto Começar de Novo na Procuradorial Geral Estado, Valberto Vilas Boas de Carvalho,  recentemente contratado por uma empresa do ramo da construção civil, é um exemplo do resultado positivo do projeto, que visa a reinserção no mercado de trabalho e, com isso, a promoção da cidadania, reassumindo o convívio com a sociedade.

Em sua passagem como reeducando na PGE, Valberto  Vilas Boas trabalhou inicialmente na Procuradoria do Interior, em Feira de Santana, sendo em seguida deslocado para Salvador, quando passou a integrar a equipe da Coordenação de Serviços Gerais (CSG), unidade ligada à Diretoria Geral. Foi o seu desempenho e dedicação na CSG, aliados à sua experiência profissional, que fizeram com que o reeducando se habilitasse ao posto de eletricista de alta tensão na empresa terceirizada que realiza o serviço de manutenção predial da PGE. Com isso, passou a ter vínculo empregatício sob a regência da CLT, com todos os direitos trabalhistas e previdenciários dela decorrentes.

Dois outros reeducandos da PGE  tiveram aprovação no Enem e estão cursando faculdade de Direito e  Serviço Social, respectivamente, o que igualmente alinha-se aos objetivos do projeto, no que se refere as ações educativas e de capacitação profissional.

Segundo a coordenadora do projeto na PGE,  Daniella Souza de Moura Gomes "a confiança da PGE no Projeto foi tão forte que nos motivou a vestir a camisa do Começar de Novo. E foi com essa intenção que colaboramos para a sua consolidação como uma política pública exitosa no Estado da Bahia, no segmento da ressocialização pelo trabalho. Todos nós, integrantes do corpo funcional da PGE, ajudamos na formação dessa rede de apoiadores e fizemos com que nossos reeducandos se sentissem dignos e merecedores de uma segunda chance, virando a página de suas vidas em busca de um novo caminhar", informou.

O projeto

O Projeto “Começar de Novo”, foi implantado na PGE em agosto de 2017, através de parceria firmada com o Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJBA) e a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), e tem como objetivo principal sensibilizar  órgãos públicos e da sociedade civil para que forneçam postos de trabalho e cursos de capacitação profissional para presos e egressos do sistema carcerário.

Instituído pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em 2009, através da Resolução nº 96, o projeto é executado por uma rede de parceiros, tanto da iniciativa privada, quanto do setor público. Sua implementação no âmbito da PGE completará o 2º ano no próximo mês de agosto, tendo havido seguidas ampliações no quantitativo de vagas ofertadas (passando de 5 iniciais para as atuais 25), sem qualquer intercorrência nesse período. Vale destacar que a PROIN de Feira de Santana e também o Núcleo Regional de Vitória da Conquista contam, além da sede da PGE em Salvador, com mão de obra carcerária no desempenho de atividades na área de apoio administrativo.

Fonte: ASCOM/PGE

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.