• Casa Nova
  • Prêmio Boas Práticas

Notícias

14/03/2019 16:50

Governadores nordestinos acolhem proposta da Bahia e assinam protocolo de criação do Consórcio Nordeste

Em encontro realizado nesta quinta-feira (14), na cidade de São Luís, no Maranhão, o governadores dos estados da região nordeste assinaram o protocolo de criação do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste.

O consórcio, cuja proposta original é de autoria do Estado da Bahia, é um instrumento para a realização de ações e compras de produtos e serviços envolvendo todos os estados nordestinos e visa, dentre outros aspectos, a redução dos gastos públicos. Seu texto foi redigido de forma conjunta pelas Procuradorias Gerais dos Estados do Nordeste que se reúnem periodicamente durante os encontros do Fórum Permanente dos Procuradores Gerais dos Estados do Nordeste para tratar de assuntos comuns e de interesse dos seus estados.

O novo instrumento propõe uma atuação conjunta para fortalecer o poder de negociação dos estados na aquisição de equipamentos, produtos e serviços, além de ações integradas nas áreas de desenvolvimento econômico e social, infraestrutura, tecnologia e inovação, segurança pública, administração prisional e proteção do meio ambiente, dentre outras que se fizerem necessárias.  

Estiveram presentes para assinatura do Consórcio Nordeste todos os governadores dos estados nordestinos, inclusive o governador da Bahia, Rui Costa.

Quem também esteve no Maranhão foi o procurador geral do Estado da Bahia, Paulo Moreno Carvalho, que participou ontem (13) da reunião do Fórum Permanente dos Procuradores Gerais dos Estados do Nordeste. Na ocasião foram realizados os ajustes finais da proposta criação do Consórcio.

Participaram da reunião do Fórum, além de Paulo Moreno, os procuradores gerais dos Estados de Pernambuco (Ernani Medicis), Maranhão (Rodrigo Maia), Ceará (Rocha Juvêncio Vasconcelos Viana), Rio Grande do Norte (Luiz Antônio Marinho da Silva), Piauí (Plinio Clêrton Filho e Sergipe (Vinícius Oliveira).

Fonte: ASCOM/PGE

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.